Cuidados com a alimentação no inverno

POR ANA PAULA MARTINS – O frio chegou e com ele, a rinite, resfriado, sinusite, tosse, nariz escorrendo. Mas será que sempre tem que ser assim?

Nos meses de inverno é muito comum encontrar pessoas com sinais e sintomas de gripes, resfriados, rinite, asma, bronquite e infecções respiratórias no geral. No frio, além das temperatura amenas, o clima é mais seco e com isso ocorre aumento das partículas de poluição e as vias aéreas ficam mais secas, o que faz com que fiquemos mais susceptíveis aos patógenos.

Algumas atitudes do dia-a-dia, como manter o corpo aquecido e evitar choque térmico contribuem para nos proteger contra essas doenças. No entanto, manter o sistema imunológico em bom funcionamento é uma das principais armas que temos. Uma alimentação equilibrada e individualizada é aliada do sistema imunológico e alguns nutrientes essenciais para uma atividade eficaz, como zinco, selênio, manganês, cobre, ferro, magnésio, vitamina D, C, ômega 3, entre outros.

Se você sofre muito com as quedas de temperatura, sua saúde não deve estar tão legal assim. Aliás, seu sistema imunológico precisa de uma potencializada. Você sabia que conseguimos dar um up na imunidade, com algumas alteraçoes na dieta?

Muitas pessoas se preocupam muito com calorias e esquecem que o alimento, além de alimentar, tem que nutrir – será que você está se preocupando com isso? Em nutrir suas células?

O sistema imunológico tem a função de manter nossa integridade, mantendo bem longe as doenças. As células do sistema imunológico estão por toda parte, órgãos linfoides, intestino, sangue. Através de uma alimentação rica em vitaminas e minerais, conseguimos que esse sistema funcione corretamente.

Antes de mais nada, A primeira coisa que você precisa fortalecer é seu intestino. Esse órgão é o responsável pelo correto funcionamento do sistema imunológico. E através de uma boa nutrição desse órgão, garantimos que nossa saúde fique em dia. Um dois principais nutrientes para nosso intestino é a glutamina, ela nutre nossos enterócitos – o que é isso? Nutrir as células do seu intestino. Esse aminoácido é um alimento para as células intestinais, deixando-as fortes para proteger nosso sistema imunológico. Deixar seu intestino saudável é o início de tudo. É aqui que o fortalecimento do seu intestino começa. E nutrir suas células irá garantir um sistema imunológico vencedor.

Nos dias mais frios temos que potencializar o consumo de alimentos que fortalecem nosso sistema imunológico.

Alho: Quem nunca ouviu falar que chá de alho é milagroso? Pois então, ele é ótimo para afastar gripes e resfriados, devido sua ação imunoprotetora, além de ser rico em zinco e selênio, nutrientes fundamentais para uma boa imunidade. Uma boa dica é aromatizar azeites com alho. Compre um azeite de qualidade, transfira para um galheteiro e coloque alguns dente de alho. Ou no final da preparação de uma sopa ou arroz, acrescente alho em lascas.

Própolis:
A própolis é um subproduto sintetizado pelas abelhas a partir da extração de diferentes plantas. Há muitos anos, a própolis é popularmente utilizada principalmente no tratamento de infecções e outras desordens do sistema imunológico. A presença de compostos bioativos, como os flavonóides, vitaminas B1, B2, B6, C e E, e minerais, como manganês, zinco, cálcio, fósforo e cobre, atribui à própolis diversas ações orgânicas, como efeito antimicrobiano, antiinflamatório e antioxidante.

Anote a receita de um chá poderoso para imunidade:

Chá de  cascas de jabuticaba com gengibre e própolis

 Ingredientes:

Cascas de 6 jabuticabas

2 lascas finas de gengibre

150ml de água filtrada

10 a 15 gotas de gotas de extrato de própolis puro

Modo de preparo: Cozinhe as cascas de jabuticaba e as lascas de gengibre em 150ml de água em um recipiente de cerâmica, aço inoxidável ou vidro tampado. Coe, despeje em uma xícara de vidro ou cerâmica e acrescente as gotas de própolis.

Gengibre: Potente antibiótico natural, excelente ação anti’inflamatória, não pode faltar.

Que tal uma misturinha potente para imunidade?

Misture 1 colher de sobremesa de mel com 1 colher de café de gengibre ralado, 1 pitada de pimenta do reino moída e 1 colher de café de cúrcuma em pó.  Tome quando sentir que a garganta começou a arranhar.

Óleo de coco: é rico em ácido caprílico e láurico, substâncias que aumentam a imunidade. Pode ser usado antes de um treino ou no preparo das refeiçoes.

Amêndoas: Fonte maravilhosa de vitamina E e vitaminas do complexo B, ajuda a proteger o organismo. Voce pode consumir nos intervalos da tarde ou

Alimentos riscos em glutationa: Glutationa é um poderoso antioxidante, que melhora a função das células imunes. Ex de alimentos ricos em glutationa: repolho, rúcula, acela, couve de bruxelas, mostarde verde, agrião, nabo, rabanete

Alimentos ricos em betacaroteno: são precursores de vitamina A. Nutriente essencial para o sistema imunológico. Alimentos ricos em vitamina A: batata doce abóbora, cenoura, brócolis, couve manteiga.

Cogulemos (Shitake, Shimeji): rico em vitaminas do complexo B que ajudam na proteção do corpo, também oferece efeitos antivirais e antibacterianos, dando um super reforço à imunidade.

Orégano: O chá de óregano é rico em carvacrol, pode ser consumido após o almoço, ele ativas as defesas do corpo.

Chá de dente de leão: aumenta a resposta imune e a produção de óxido nítrico, melhorando a oxigenação dos tecidos. Utilize na forma de chá, com 1 colher chá para 1 xícara de água aquecida.

Frutas cítricas: fontes de vitamina C, são responsáveis pela cicatrização de feridas, fraturas e contusões, e atua no processo inflamatório e na integridade das mucosas.

Nutricionista, formada há mais de 15 anos. Especializada em nutrição clínica, fitoterapia e em nutrição esportiva, pelo Centro de Ensino Valéria Pascoal.

www.nutrianapaulamartins.com.br
@nutrianapaulamartins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *