32 dicas para quem vai correr a Uphill Marathon

O treinador Darlan Souza desafiou 4 vezes a Serra do Rio do Rastro.

POR DARLAN SOUZA – Neste fim de semana (11 e 12/09), acontece a UpHill Marathon, uma das provas mais desejadas e desafiadoras do país, disputada na Serra do Rio do Rastro (SC). Além do cenário deslumbrante e emocionante, a prova tem como característica suas inúmeras curvas e muita subida.

Subi 4x esta Serra nos 42km e levei muitos alunos a completar este desafio, assim escrevi o livro sobre ela “Fujam para as Montanhas” e acredito que todo corredor de rua que gosta de desafios deveria treinar para encarar esta que é a mais desejada maratona do Brasil.

Separei algumas dicas que acredito que podem ajudar quem vai encarar o desafio este ano:

  • Se você treinou bastante e bem, que bom. Se não treinou, dose bem sua energia no percurso, vai precisar.
  • Ela não é uma prova de velocidade e sim uma prova de força, esteja bem descansado para ela.
  • Leve seus carboidratos pois vai precisar mais do que o normal, e nos postos de água pegue 2 copos, pois os postos de hidratação são mais longe que o normal.
  • Só existe 2 aeroportos para estar mais perto da prova: o aeroporto de Jaguaruna, cerca de 80km de Criciúma e o aeroporto de Florianópolis a cerca de 180km de Criciúma/SC.
  • Contrate motoristas de lá para fazer seus deslocamentos, eles conhecem bem a região e podem ser essenciais em sua logística.
  • No percurso você passa por algumas cidades muito pacatas, onde a prova é para eles (os moradores) é a sensação do ano. Sorria!
  • Organize bem sua logística, isso é a prioridade, não é fácil se deslocar em uma cidade pacata e sem muita estrutura.
  • Se você se hospedou em Criciúma/SC estará bem suprido em termos de infraestrutura, nas demais cidades tudo é mais limitado por ser uma zona rural.
  • Converse nos hotéis, aeroportos e onde ver um corredor que está indo para a prova, vocês podem se ajudar na logística dividindo caronas, acredite!
  • Descanse muito, nada de passeios ou caminhadas desnecessária pré-prova. Mantenha-se econômico.
  • Leve roupas de frio e descarte no percurso, a sensação térmica lá em Treviso, Lauro Muller e Bom Jardim da Serra/SC é muito baixa.
  • Corra em ritmo moderado, quando possível, caminhe quando não conseguir correr, mas não pare para não esfriar seu corpo.
  • Mantenha o foco no percurso e nas curvas, na sua pista faça a tangente correta sem trocar de pista, isso gera economia em seu trecho.
  • Se tiver que caminhar de costas um pouco para aliviar a dor nas costas e nas panturrilhas, faça por alguns metros.
  • No percurso cuide de sua própria corrida, não se compare com outros e apoie com palavras quem para ou senta, mantenha-se no “game”.
  • Existe banheiro químico no percurso, se precisar, não se preocupe.
  • Evite sacar o celular para filmar ou tirar fotos durante sua corrida/caminhada, repito: mantenha o foco no percurso sua mente deve estar focada em completar a prova.
  • Você não vai vencer a Serra, ela é dura e escolhe quem sobe e quem fica, existe uma magia nesta subida, entre no bailado da Serra e suba cautela, esqueça o maldito “pace”.
  • Você vai caminhar muito principalmente na parte final, caminhe rápido e com passadas largas.
  • Faça uma bela pose ao cruzar o pórtico e eternize este momento, vale a pena esta experiência ⛩
  • No topo da Serra do Rio do Rastro o sinal de celular é precário para não dizer inexistente.
  • Seu monitor cardíaco vai mostrar o quanto dura é a prova, seu GPS vai ter oscilação é normal, não se preocupe a prova tem aferição oficial da confederação @atletismo.brasil.
  • Vale a pena você ter uma mochila com um “kit pós prova” com toalha, roupas secas, um pouco de água e comida, para se trocar assim que finalizar seu percurso, não fique molhado e suado por longas horas, pela sua saúde e bem-estar.
  • Caso nesta edição a prova não tenha guarda-volume, agilize para alguém estar lá em cima com este seu material.
  • Entre 6h e 12h do dia 11/09 e das 6h as 15h do dia 12/09 a rodovia de acesso a Serra do Rio do Rastro é fechada pela polícia rodoviária. Apenas corredores transitam, nenhum carro de apoio ou familiar seu, poderá subir a serra para te esperar.
  • Existe um restaurante (Mensageiro da Montanha @mensageirodamontanha ) muito bom e que você pode se nutrir e ficar mais seguro pós prova, lá no alto de Bom Jardim da Serra.
  • A organização por parte da @x3mbrasil é muito experiente em eventos deste nível, mas podem falhar, seja educado, cordial com os staffs em seus pedidos e solicitações.
  • Os transfer da prova (ou caronas), podem te ajudar a descer pós prova, mas lembre-se que o trânsito de descida é lento e pode demorar mais de 1h para descer e chegar em seu hotel.
  • Depois de completar a prova, é provável que esteja eufórico ou completamente desgastado mentalmente e fisicamente, aproveite para se nutrir corretamente e descansar.
  • Apesar da beleza do percurso da prova e de toda dificuldade de completar em razão da altimetria positiva e todo esforço, eu considero a logística de ida a largada e de pós prova como a parte mais difícil e que deve ter mais atenção.
  • Aproveite ao máximo esta experiência e se possível repita a operação em outra edição com outra distância, vai ser diferente e mais emocionante ainda.
  • Agora você é um ninja runner, parabéns pelo seu empenho e dedicação.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *