A primeira maratona do ano no mundo é na Suiça

Quando a gente pensa que viu tudo sobre corrida de rua, sempre surge algo novo, não é mesmo?
Você sabia que existe uma maratona que se inicia a meia-noite na noite de ano novo?
Pois é, acontece em Zurique na Suiça, acabei descobrindo anos atrás esta inusitada prova e coloquei na minha “marathon list” que são de provas de 42km para se fazer em algum momento da vida.

Você tem esta lista?

Bom, a Neujahrs Marathon (maratona de ano novo) começou com uma ideia de 6 amigos em 2013 e oficialmente em 2015 teve sua primeira edição, agora em 2022 realizou então para sua 17* edição com uma equipe de organização composta por 10 experientes atletas e organizadores de evento esportivo.
Com um site simples de inscrição, mas bem completo de informações, a prova ainda conta com um hotel oficial do evento, o Hotel Tivoli que fica cerca de 3km da largada.
A entrega de kit e largada ocorre no ginásio do tênis clube de Zurique (Schlieren), com recepção apartir das 19h que estava com mesas e cadeiras (parecendo um jantar de igreja), onde era possível comprar algo para comer na lancheria local e se nutrir pré-prova. Uma experiência diferente e acolhedora, gostei muito deste detalhe.
A largada ocorreu exatamente a meia-noite (ANO NOVO), o percurso é plano e composto 90% de chão batido com pedrinhas e apenas 10% de asfalto, realizado em 4 voltas de mais de 10km para a maratona. Tem distâncias menores na prova (revezamento e meia-maratona) e inclusive a prova infantil realizada dia 31/12 a tarde.
Os fogos de artifício de ano novo, iluminaram grande parte da prova, isso por cerca de 1h, depois somente quem tinha head lamp conseguia correr com segurança, quem não tinha, corria acompanhando quem tinha.
Em uma maratona nem tudo é fácil, e essa não seria diferente, pois a névoa espessa, com um frio de 1 grau, transformou o percurso da maratona em um verdadeiro filme de terror, pois a cada volta (10,55km) a visibilidade era menor e como o percurso não é iluminado (a beira do rio Limmat) as head lamps começaram a não dar mais conta do recado a cada minuto que passava (tive que pedir emprestado uma ao público local para fechar a última volta). Para aumentar o desafio a sensação térmica era negativa, mesmo usando roupas específicas de corrida no frio.
A cada 5km há postos simples de hidratação com água, isotônico e banana.
Outro ponto positivo, é que ao finalizar a prova, os organizadores deixaram a disposição os vestiários para tomarmos um banho, e era possível comemorar o ano novo com uma medalha no peito e uma espumante oficial do evento. Fico feliz em participar deste evento, podendo assim começar o ano novo com alto astral e muita disposição.
Para quem tiver um tempinho extra, vale a pena visitar o centro de Zurique (Bahnhofstrasse), o museu da FIFA e a fábrica de chocolates da Lindt, eu fiz tudo isso e valeu a pena!
Outra curiosidade da prova, é que a medalha foi desenhada pela segunda vez por um brasileiro, ele se chama Luiz Eduardo Ribeiro dos Santos que venceu o concurso com seu desenho “Grossmünster” que é considerada uma das atrações mais visitadas de Zurique, sendo as torres gêmeas do fundo da igreja um famoso ponto de referência.
Para quem gosta de vivenciar uma nova e divertida experiência, vale a pena se organizar para participar, o valor da maratona custa em torno de 600 reais, e dá direito a medalha, a camiseta da prova é vendida por cerca de 175 reais, mas vale todo investimento, afinal estamos falando da Suiça um dos países mais caros do mundo de se visitar.
Muitas pessoas tem uma vontade enorme de correr em Boston/EUA (Já corri provas legais nos EUA e a vejo como uma prova normal, nada demais). Reforço o que venho dizendo há anos: existem centenas de maratonas pelo Brasil e pelo mundo muito bacanas, que apesar das Majors serem muito desejadas, vale a pena dar uma olhada com calma em outras belas provas, afinal o importante é turistar, correr com saúde, alegria e longevidade, não é mesmo?

@neujahrsmarathon.ch
@grossmuenster

-POR DARLAN SOUZA

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *