Brasil conquista medalha de ouro nos 5.000 nas Paralimpíadas

Crédito: Helano Stuckert / Rede do Esporte

A primeira das medalha de ouro no atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio é do Brasil. Yeltsin Jacques, de 29 anos, venceu os 5.000m da classe T11, para deficientes visuais com baixa ou nenhuma visão, com o tempo de 15min13s62, novo recorde continental.

Ele correu com uma estratégia de trocar de guia durante a prova: começou a corrida com o maratonista profissional Laurindo Nunes e fez a segunda metade da prova sendo guiado pelo experiente Carlos Antonio dos Santos, o Bira. Os dois guias agora também são campeões paraolímpicos.

“Foi uma prova de bastante estratégia. A gente já tinha traçado uma estratégia para prova. Conforme minha esposa tinha estudado, ela passou para mim as informações, e ela tinha dito que o japonês não ia abrir na chegada. Foi dito e feito”, comemorou Yeltsin, em entrevista ao SporTV.

Os japoneses Kenya Karasawa ficou com a prata (15min18s12) e Shinya Wada com o bronze (15min21s03). Além de Yeltsin, Julio Cesar Agripino dos Santos participou da prova, terminando na sétima colocação, com 16min26s31. Esta foi a melhor marca dele na temporada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *