‘A Muralha’ abre inscrições para 2017

?????????As inscrições para a edição 2017 de A Muralha Up and Down, que acontece no dia 20/08/2017, com largada em Visconde de Mauá e chegada em Penedo, no estado do Rio de Janeiro,  já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.amuralha.com.br. Esta é uma prova diferenciada, uma maratona com cara de ultra pelo grau de dificuldade que apresenta aos atletas: toda em estrada asfaltada – rodovia RJ-163, com 42.195m, 317 curvas, 1.324 metros de altimetria e 2.425 mestros de elevação.

A primeira edição foi em agosto deste ano e contou com a participação do maratonista Robinson Bertucelli, da equipe do portal Go Running, que conta como foi a experiência:

“Posso dizer que a minha história em A Muralha começou há alguns anos, quando comecei a correr, com 35kg a mais do que tenho hoje e sendo um recém-ex-fumante. Faltando 1,5k para concluir a prova, tive uma forte dor na panturilha, mas segui adiante, incentivada por dois grandes amigos.

Nesta época, lia muito sobre corridas e um dos livros que me inspirou a fazer uma prova difícil como esta foi “Nascido pra correr”, que fala sobre corredores de montanha da tribo tarahumaras. Isso me inspirou a fazer a Muralha!

Ao chegar na área de largada da prova, junto com um amigo que é ultra maratonista, juro que fiquei meio perdido, pois estava tendo o primeiro contato com este tipo de prova, apesar desta ser a minha nona maratona. Mas esta seria diferente. O percurso seria de maratona, com seus 42.195m, mas o esforço seria muito maior já que a prova teria uma altimetria louca.a-muralha-up-and-down-marathon-2016-21


Chegamos com muita chuva, frio, vento e sem dormir.. rsrs… meu amigo, então, tinha ido e voltado 2 vezes pra buscar meu kit. Na véspera, tinha sido meu aniversário!

A largada da maratona foi sensacional. Fiquei meio confuso, mesmo sabendo da altimetria, mas pra quem estava fazendo o primeiro contato com este tipo de prova, era estranho. Comecei a escutar aqueles “malucos” corredores de ultra com muita experiência para poder entender um pouco sobre a prova. Um deles me descreveu a prova perfeitamente e com isso me senti mais confiante.

Na largada saí com cautela e cada km corrido ficava mais confiante. Tivemos algumas pequenas subidas em Penedo, mas até aí estava muito confiante. Chegando nos 5km me senti mais e comecei a curtir a prova. Ao chegar no km 8 começamos entrar nas subidas mais fortes e o lugar é simplesmente maravilhoso. É tanto encantamento que dá vontade de parar e só olhar e natureza pura e maravilhosa, mas a prova continuava. No km 10 comecei a subir e fui acompanhado por outro corredor se chamava Fabio – foi muito bom, contamos nossas experiências em corridas e quando fomos ver já estávamos no km 18km, na parte do corte, que não sabíamos. Fomos avisados que a nossa colocação era 17, 18, 19 e os primeiros tinham passado 15 minutos antes. Fiquei muito feliz e comecei a ir mais forte e ali começava o encantamento da pedra selada, a parte mais dura da prova, com 12 km de subida e sem parar. Muita chuva, frio e neblina que não deixava enxergar nada lá pra baixo.

Quando estava chegando no 30km – finalmente ali era o pico da prova, lugar maravilhoso – comecei a descer e chegando lá embaixo senti um pouco a panturrilha, parei me alonguei e saí devagar, conseguindo retorno muito melhor que estava. Ao chegar em Visconde de Mauá, faltavam 8km. Comecei a ter mais força que imaginava ter e assim fui naquele estrada de paralelepípedos e os moradores da cidade com seus olhares te dando apoio e carinho por você ser um vencedor por estar ali. A chegada foi muito emocionante: estava ali as pessoas com todo seu carinho e todo apoio dos organizadores, foi sensacional, a melhor prova da minha vida.a-muralha-up-and-down-marathon-2016-64

Parabéns pela organização, a hidratação da prova foi perfeita com água, isotônicos e frutas. Os corredores tiveram todo o apoio que precisavam. Com certeza estarei lá novamente no próximo ano, para o próximo desafio.

Pra mim, a melhor definição da prova: A Muralha, uma história de corpo, coração e mente!”.

 

One Response
  1. Fabio Campos 1 ano ago

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *