PARA QUE SERVEM OS BCAA’S E COMO UTILIZAR?

Aminoácidos protegem os músculos do catabolismo e evitam a fadiga

bcaaPOR CAMILA GOMES – O BCAA ajuda a reduzir a fadiga, minimiza o risco de lesão muscular que pode ser causado pelo exercício físico, além de aumentar o desempenho.

É um composto de aminoácidos de cadeia ramificada (L-leucina, L-valina, L-isoleucina), três aminoácidos que o corpo utiliza como energia e que são importantes para a prática de atividade física porque atuam no processo regenerativo dos músculos e possuem efeito anticatabólico.

O suplemento é indicado para garantir que os aminoácidos estejam sempre disponíveis, evitando que o corpo utilize as estruturas musculares como fonte de energia, o que acarretaria em perda de massa muscular.

O BCAA é recomendado para atletas amadores e atletas de alta performance. O que varia é a dosagem, dependendo do esporte, forma de consumo e os complementos que serão utilizados junto. O ideal é sempre consultar um profissional.

De modo geral, a suplementação de BCAA para praticantes amadores de musculação deve ser usada no pré treino; quando consumido no intra-treino, o BCAA é fonte de energia durante a atividade física, sendo a versão em pó a mais indicada por ter uma absorção mais rápida. A suplementação intra-treino é recomendada para atletas com um período prolongado de treino. Já no pós-treino serve para evitar fadiga e muscular e catabolismo, normalmente em atletas de endurance. É importante consultar um profissional para saber a dosagem ideal, já que cada caso é um caso.

Na corrida, o BCAA apresenta efeito benéfico no controle da fadiga central, uma vez que o consumo do suplemento aumenta a quantidade de aminoácidos, que competem com o triptofano. Como consequência, há a diminuição da serotonina, que está envolvida na modulação da fadiga central.

Além disso, o suplemento auxilia na melhora da imunidade, já que a prática de atividade física intensa e prolongada está relacionada com uma queda temporária do sistema imunológico devido à diminuição dos aminoácidos, que afeta o número de células que atuam na defesa do organismo.

CAMILA GOMES é Graduada em Nutrição pela Universidade Paulista, Especialista em Bioquímica e Fisiologia, Treinamento e Nutrição Desportiva pela UNICAMP – Laboratório de Bioquímica do Exercício – LABEX. É nutricionista P&D da New Millen Suplementos e atua na área Clínica Desportiva, além de ser corredora amadora.

One Response
  1. Frederico Martins 6 meses ago

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *