Qual é o tempo que o nosso corpo necessita para se adaptar a uma periodização?

POR DANIELA BARCELOS – Quando inicia-se um período de treinamento é necessário e importante considerar o tempo que o corpo precisa para se adaptar.

O tempo médio pode ser diferente para cada pessoa, tanto para programas com objetivo de melhora do condicionamento físico e saúde, quanto para busca de rendimento no esporte competitivo amador e profissional.
Períodos pequenos como, por exemplo, um mês, na maioria das vezes, não é suficiente para ocorrer adaptações significativas nos organismos dos praticantes. E isso para pessoas que já são treinadas, demanda um tempo ainda maior.

Um período de três meses é um tempo que permite constituir o processo da adaptação biológica. Este é o período mínimo recomendado para uma boa periodização do treinamento. Ele pode ser dividido em períodos menores, como ciclos mensais e microciclos semanais, com pequenas metas inseridas nos mesmos como forma de controle.

Não adianta mudar todo momento de treinador e achar que o problema está no profissional. O praticante pode não estar permitindo e fornecendo o tempo que o corpo fisiologicamente necessita para se adaptar. E este sim pode ser o problema.

Parte daí a importância de manter sob a orientação de um programa de treinamento por um tempo mínimo, e assim avaliar o trabalho do profissional.

Paciência é um item importante que não pode faltar na rotina de treinamento, assim como o próprio exercício físico praticado.

Daniela Barcelos tem 16 anos de experiência como atleta amadora – começou a correr em 1999. Formada em Educação Física, com pós-graduação em Fisiologia do Exercício. É treinadora de corrida em assessoria própria que leva seu nome. Conheça mais em www.danibarcelos.net.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *