A competição seria a parte mais importante?

foto_daniela_barcelos

Cada treino e todo caminho percorrido são tão importantes quanto a competição.

POR DANIELA BARCELOS – Comecei praticar a corrida de rua há 15 anos (quase 16). Um período em que não havia tantas provas quanto existem atualmente, pois com a popularização das corridas de rua houve na última década um aumento significativo do número de praticantes em todo o mundo, assim como no Brasil.

No início dos meus “primeiros passos” na corrida, meu objetivo era sempre de conseguir correr um pouco mais a cada dia. A cada “treino” tentava ir um pouco mais longe e mais distante do que havia chegado antes.  Meu organismo se acostumava com aquele esforço que cada vez parecia mais fácil de suportar. Não me imaginava competindo nas provas, mas sim querendo correr a cada dia mais.

Em todos estes anos participei de muitas competições . A cada ano que se passava o número de provas aumentava oferecendo uma grande variedade. Participei de provas com distâncias que variaram de 5k a maratona. A cada prova minhas marcas pessoais melhoravam e dessa forma a motivação por continuar crescia juntamente.

Mas o significado do correr é tão importante para tanta gente que resumi-lo apenas em competições seria uma definição incompleta. Cada treino e todo caminho percorrido são tão importantes quanto a competição.

Para nós, corredores amadores, o objetivo dos treinamentos não deve se resumir apenas na competição, pois os passos até ela são extremamente gratificantes. Mesmo que somente você seja testemunha do que fez em um treino, ele precisa também ter um gosto da vitória. A competição será apenas um registro oficial de todo trabalho que vem sendo realizado, como se estivéssemos sendo avaliados.

Há tantos fatores envolvidos no treinamento que o tornam extremamente complexo. E na competição todos fatores também estão presentes, acrescido de outros que podem influenciar e muito no rendimento e resultado final, positivamente ou negativamente. Por isso a necessidade de um planejamento correto e direcionado ao objetivo da pessoa.

Valorize sempre cada dia de treino e perceba toda sua evolução. Preste atenção nas sensações e reações de seu corpo e se esta respeitando a recuperação dele. Sinta-se motivado a treinar em todas as sessões, pois cada uma delas é parte de um planejamento, assim como cada peça de um quebra-cabeça. Se você mudar a posição ou até mesmo o tamanho de alguma delas, não irão se encaixar mais, comprometendo o produto final: o seu objetivo!

Bons treinos!

Daniela Barcelos tem 15 anos de experiência como atleta amadora – começou a correr em 1999. Formada em Educação Física e com pós-gradução em Fisiologia do Exercício, Dani fundou este ano a assessoria que leva seu nome. Conheça mais em www.danibarcelos.net.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.