Quais as dúvidas mais comuns sobre nutrição?

POR ANA PAULA MARTINS – Devo comer o ovo inteiro ou retirar a gema? é melhor comer pão integral? é errado ingerir líquidos durante as refeições? Há dúvidas que são comuns entre os pacientes que chegam ao consultório, por isso, resolvi destacar e esclarecer algumas das principais:

Devo retirar a gema do ovo?

A gema sempre foi considerada a grande vilã da alimentação, hoje em dia isso é passado e sabemos que não é bem assim.

Após muitos anos constatou-se que nosso organismo regula a produção de colesterol de acordo com sua ingestão. Ou seja, se você ingerir mais colesterol por meio da dieta, seu organismo produzirá menos. Com isso, atingiria o equilíbrio.

A gema é um excelente alimento, de excelente valor nutricional, rica em ativos fundamentais para saúde ocular e em vitamina D.

Inclusive, o estímulo na síntese proteica é muito superior com a ingestão dos ovos inteiros, quando comparado com a ingestão apenas das claras. No entanto, devemos sempre avaliar a refeição como um todo.

Algumas vezes precisamos de uma refeição rica em proteínas, mas pobre em gorduras. Desta forma, seria uma situação para retirar as gemas, consumindo apenas as claras. Mais uma vez a importância de não generalizar!

Ingerir líquido com as refeições é errado?

Como esta sua hidratação:

Alguém que se hidratou adequadamente durante o período da manhã e durante o período da tarde, não sentirá necessidade do consumo de líquidos durante a refeição.

O grande problema dessa prática, é atrapalhar o processo de mastigação, quando literalmente se empurra os alimentos com refrigerantes ou sucos.

Com isso, além de proporcionar problemas gástricos, teremos uma menor absorção de nutrientes.

Não vejo problemas no consumo de uma pequena quantidade de líquido (água no caso) durante a refeição, desde que não se atrapalhe o processo de mastigação. Já a ingestão de grande quantidade de líquido, tende a atrapalhar o processo digestivo pela grande diluição do suco gástrico.

Pão integral é muito superior ao pão branco?

A diferença básica é a quantidade de fibras, o integral tem mais fibras que o pão branco. Mas o que fará realmente a diferença, é o que você vai colocar no pão para compor a refeição.

Por exemplo: um pão francês com ovo mexido, é nutricionalmente superior ao pão integral com margarina.

Se você não fica sem um pãozinho francês, não vejo problema no consumo de forma equilibrada, porém opte por recheios de qualidade como cottage ou ovo mexido

Avalie sempre a refeição como um todo e não apenas o alimento de maneira separada.

Tapioca é realmente uma ótima opção de alimento fonte de carboidrato para substituir o pão?

Tapioca ficou famosa e hoje faz parte das compras de muitas famílias, além de estar associada a um estilo de vida saudável.

No entanto, tem muita gente que não está tendo os resultados desejados, justamente por exagerar no consumo desse alimento rico em carboidratos.

Por não possuir glúten, pode ser uma opção para pessoas com restrição ao consumo de farinha de trigo.

Se for utiliza-la, cuidado com as quantidades, com o recheio e com o horário de uso. Como é um alimento rico em carboidratos, é interessante que se tenha uma atividade física após seu consumo.

Como possui uma elevada carga glicêmica, pode trazer uma hipoglicemia de rebote durante a atividade. Portanto, sempre consuma a tapioca com recheio proteico (frango desfiado ou ovos) para reduzir o impacto desse carboidrato na corrente sanguínea. Uma outra dica é misturar semente de chia na tapioca, melhorando seu valor nutricional, aumento sua quantidade de fibras e retardando sua velocidade de absorção.

Vejo muitas pessoas comendo tapioca com pasta de amendoim ou outros recheios calóricos, em momentos com baixo gasto energético, como em um jantar, considerando que não exista atividade física à noite.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.