Carboidratos em excesso são os verdadeiros vilões das doenças cardiovasculares

Por Ana Paula Bedin – Mudar a maneira como as pessoas pensam a alimentação. Esse é o principal benefício do recente estudo PURE (Prospective Urban and Rural Epidemiological Study), publicado na última semana pelo The Lancet, um dos mais renomados periódicos científicos do mundo. O artigo sugere que as recomendações atuais para limitar a ingestão de gordura total para menos de 30% das calorias e ingestão de gordura saturada para menos de 10% das calorias estão equivocadas. Em outras palavras, o estudo põe em cheque a gordura como causa principal de doenças cardiovasculares e aumento da mortalidade.

Os pesquisadores da Universidade McMaster e da Hamilton Health Sciences, ambas no Canadá, acompanharam a alimentação de 135.000 pessoas em 18 países por mais de 7 anos. Os resultados apontaram que a ingestão de gorduras não foi associada a doenças cardiovasculares, infarto do miocárdio ou mortalidade por doenças cardiovasculares, enquanto a gordura saturada teve associação inversa com AVC.

De forma bem simplista, as estatísticas da pesquisa mostram que o consumo moderado de gorduras, equivalente a 35% das calorias diárias, incluindo a tão temida gordura saturada, está associado a uma longevidade maior. Os cientistas sugerem na pesquisa que os carboidratos – quando consumidos de forma excessiva – seriam os verdadeiros vilões da morte por doenças cardiovasculares.

O que o PURE traz de inovador na verdade é o fato de que precisamos rever nossas diretrizes. Urgentemente! Rever a distribuição de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) na dieta, perder o medo da gordura natural dos alimentos e passar a rever produtos industrializados refinados ou integrais vendidos como opções saudáveis.

Trata-se de uma mudança de paradigmas. De fato, estamos comendo mal, mas mais do que isso, estamos fazendo opções erradas. A tendência low carb é uma maneira de alimentar-se com comida de verdade, sem aditivos, açúcares, farinhas ou gordura trans, com sabor de vida longa, com equilíbrio de nutrientes. É um retorno à cozinha e às nossas origens.

* Ana Paula Bedin é nutricionista, especialista em nutrição preventiva e dietas low carb

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.