Carga de Treino: volume ou intensidade?

POR DARLAN SOUZA – Você já deve ter ouvido muitas pessoas falar sobre sobre o quanto correu por dia ou mais comum ainda, quanto percorreu em uma semana para se preparar para alguma prova alvo. Isso tudo é uma fração de um complexo sistema, que se chama periodização de treinamento.

Mas o que seria melhor? Controlar o volume, ou a intensidade? Ambos!

O volume se trata, então, de tudo que você percorreu, e pode ser mensurado por quilômetros. Ou até horas de treino ou UA (unidades arbitrárias).

A intensidade pode ser mensuradA por meio da escala de Borg, ou a frequência cardíaca em que está realizando a atividade, com um cálculos simples. O que a literatura preconiza é que devemos intercalar entre treinos intensos e treinos mais leves em dias diferentes ou com intervalo mínimo de 6h entre as sessões.

Treinos intensos costumam ter menos volume de trabalho, e treinos mais volumosos, costumam ter menos intensidade. Mensure e controle as duas variáveis para obter melhor rendimento e saúde. Existe aplicativos que podem te ajudar, como o Polar Flow, o Strava e o Nike Running, entre outros.

Podemos dizer que o ideal é estruturar todo o ciclo de treinamento, inclusive o período pós prova, onde haveria o ciclo de treinos regenerativos, mas isso é assunto para outra publicação.

Por aqui seguimos #EMTREINAMENTO

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.