Como Funciona o Psicológico do Atleta?

HIROTA-FOTOPOR VINÍCIUS HIROTA – Um novo dia, um novo jogo, uma nova medalha, mas tudo isso só será possível se existir o desafio. O esporte é um fenômeno sócio cultural que desvenda as possibilidades de aprendizagem, de superação e competição, mas também de convivência, de fair-play e de troca de valores. O dia a dia dos atletas é revestido de árduo treinamento divididos nos aspectos físicos, técnicos, táticos, nutricionais e psicológicos, nos quais, este último, fascina as pessoas que dividem as temporadas com os atletas. Estar preparado mentalmente para superar os desafios é uma tarefa que requer persistência, determinação, aprendizado, pois atletas vivem de metas, e acima de tudo superação, superar primeiramente os próprios resultados, as marcas, os tempos, os índices, depois os concorrentes e adversários.

No mundo esportivo, desde a iniciação até o alto rendimento, buscamos o equilíbrio emocional, resultado das vivências e experiências (positivas e negativas) dos esportistas, e nem sempre de glória se vive um atleta, portanto, frustações e erros são os melhores aprendizados, pois podemos olhar para trás, observar e corrigir as falhas, re-treinar e ir em busca de um novo desafio, com mais confiança.

Sendo assim, quanto mais experiência, maior confiança, quanto mais treinamento, maior controle da técnica, quanto mais determinação, maior força e resistência a ser empregado na superação, estudar os adversários, e ter consciência dos movimentos a serem feitos podem render o lugar mais alto no pódio. Nem sempre os melhores e mais fortes vencem, existem aqueles que podem estar menos preparados fisicamente, mas apresentam maior controle emocional e mental, ou seja, quando nos referimos ao controle mental, significa que toda vez que algum movimento vai ser realizado (antecipação), este, pode ser projetado na mente do atleta de antemão (planejamento), sendo assim, aumentando a possibilidade de acerto da tarefa pensada (execução), consequentemente de sucesso na execução.

Na arena, as estatísticas podem prever os possíveis resultados, mas a magia do esporte gosta de pregar peças,\ e neste teste no qual concorrem muitos, não podemos duvidar de ninguém pois todos têm as mesmas chances, então, antes de cruzar a linha de chegada, ou que o apito soe, a lógica pode ser outra, e os vencedores querem enganar a derrota iminente. Os vencedores, estão correndo atrás, não dos adversários, mas de seus objetivos, eles têm maior controle de suas ações e não se deixam levar por provocações alheias ou pela torcida, contra ou a seu favor, mas refletem a persistência, a perspicácia, a concentração, a cooperação e o companheirismo, não esquecendo do desejo de vencer os próprios limites. Portanto, atletas que têm sucesso geralmente se divertem e se sentem muito felizes durante o treinamento e as competições, é como ter sucesso na profissão que você gosta.

Os vencedores são pessoas que têm o brilho no olhar e o calor no coração, aspiram as expectativas positivas e o resultado de suas ações implica no que têm em mente!

Vinicius Hirota é Docente do curso de Educação Física da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Oficial Técnico Internacional – Comitê Paralímpico Internacional.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.