Correr no frio: 5 dicas para não desistir

POR DARLAN DUARTE – Segunda-feira de manhã. A cama está quentinha, você debaixo das cobertas, um cenário melhor impossível. De repente, o despertador do celular toca. São cinco da manhã. Você imediatamente pensa: “não acredito. Ah, não vou treinar hoje não”.

Qual corredor nunca passou ( ou passa) por isso? Em geral, esse comportamento ocorre principalmente no inverno, estação que começa a vigorar esse mês.

Mas como escapar dessa “armadilha” que o frio pode trazer aos seus treinos? Separamos 5 dicas para não deixar o inverno prejudicar sua corrida. Confira!

1.Tenha uma meta

Nada como uma boa e velha meta para nos fazer pular da cama e encarar os treinos naquele friozinho. Dificilmente sem um propósito você terá o ânimo necessário para vencer a preguiça e encarar sua corrida de forma séria e regular.

2.Lembre-se que o frio ajuda na performance

Sabemos o quanto é difícil pensar nisso logo pela manhã, com a cama quentinha, mas é um fato: treinar no frio melhora e muito sua performance. O desgaste é bem menor comparado ao calor e é nesse período onde os treinos com melhor desempenho são realizados.

3.Tenha um parceiro de treino para encarar o frio

Toda preparação remete a compromisso. Nesse momento, ter um companheiro de treino pode ajudar muito a não sabotar sua corrida por conta do frio, pois sua programação estará atrelada a outra pessoa, e sabemos como muitas vezes a palavra que assumimos a terceiros é mais importante do que a nós mesmos.

4. Não pense muito. Apenas vá

Um dos maiores inimigos na hora de correr no frio é nossa própria mente. Ficar olhando a previsão do tempo, pensar se não é melhor correr outra hora, ficar pensando na semana difícil que teve (ou está tendo). Nada disso irá ajudar em seus treinos. Por isso, procure funcionar quase como um robô: acorde, tome café e vá treinar. Nada de ficar pensando na morte da bezerra.

5.Lembre-se que é um corredor, não um “modinha”

Corredor gosta de treinar no frio, encara percursos desafiadores e tem a corrida como um estilo de vida. Não sair para treinar porque está frio não é comportamento de um corredor “de verdade”, e sim de pessoas que seguem modismos.

Por isso, tenha sempre isso em mente quando perceber que qualquer coisa é motivo para não fazer seu treino. Afinal, ninguém quer ser “o modinha”.

Gostou das dicas sobre correr no frio? Tem alguma outra estratégia? Compartilhe com a gente!

Abraços

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.