Fiscal do Corredor entra no ar e já gera polêmica

fiscaldoscorredoresOs recentes e cada vez mais comuns casos de fraudes nos resultados de corridas de rua e trail, fez com que um grupo se mobilizasse para criar a página Fiscal do Corredor no Facebook. No ar há apenas quatro dias, o portal já conta (até a postagem desta matéria), com mais de mil seguidores, o que demonstra que o tema é relevante. E já vem causando polêmica, discussões, ganhando admiradores e críticos.

O objetivo da página é, junto com as organizadoras de provas de corrida de rua e trail, punir mais severamente os fraudadores, pois os corredores honestos e as organizadoras perdem muito com esta prática.

A administradora da página, que prefere não se identificar, diz que acreditava que as fraudes eram casos isolados, mas que, com a criação da página, tem escutado casos que deixariam todos chocados.

Em tão pouco “tempo de vida”a página já ganhou centenas de admiradores e também de críticos – já recebeu ameaças e denúncias

Um dos casos mais recentes foi na Golden Four Asics – etapa de São Paulo – muitos ocrredores cortaram caminho para chegar entre os Top 100 e ganhar a medalha extra. Outros participantes viram a fraude e indigandos, reclamaram com a organização, que reavaliou os resultados e confirmou a fraude.

Na Meia Maratona Internacional de São Paulo, dois casais fraudaram os resultados: os homens correram com os chips das mulheres enquanto estas, caminhavam tranquilamente pelo percurso da prova. A intenção era que as duas obtivessem índice para a corrida da Disney.

Tem também algumns casos famosos no exterior, como o da cubana Rosie Ruiz, na Maratona de Boston de 1980, que “venceu” a corrida com um tempo espetacular e depois foi apurado que houve fraude e o resultado era roubado.

Campanhas educativas para inibir a prática e punições severas são necessárias. A intenção é que após a desclassificação do atleta comprovado por fraude, o mesmo estaria impedido de participar das proximaa edições”, diz a Fiscal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.