Minha estreia na Meia Maratona de Santos

Corredora há 6 anos, Amabile Ferrer, decidiu que estava no momento de buscar novos desafios na corrida, indo além dos 10km que já corria há algum tempo. Ela estreou na distância “em casa”, assim como o evento esportivo, que teve a sua primeira edição no ultimo final de semana em Santos. Confira o depoimento da mais nova meia maratonista, que cruzou a linha de chegada com 2h02.

“Foi a minha primeira meia maratona oficial (já tinha feito a distância em treino), aos meus 45 anos ainda não completados e na primeira meia maratona de Santos, minha cidade que amo e que conheço tanto as ruas e calçadas por onde corro quase todos os dias.

Depois de 3 meses de treino, finalmente chegou o dia. A ansiedade pré-prova passou logo nos primeiros quilômetros. Não era uma prova comum para mim, então me preparei bastante para esse dia. Mas mesmo com toda a preparação tive alguns problemas no decorrer do percurso: bolhas nos pés e pequenas assaduras no top que usei mesmo ele não sendo novo (recomendo ir com o mais usado possível).

A organização da prova foi boa, mas comparando a provas de 10Km que venho participando, uma coisa que ocorreu chamou minha atenção: a posição em que foram colocados os banheiros químicos na largada da prova, estavam posicionados na horizontal (normalmente eles são posicionados na vertical) para que não crie obstáculo na largada dos atletas, achei bem estranho. Tivemos atraso na largada, porém acredito que isso se deu por conta da possível dificuldade de locomoção dos atletas por causa da greve dos caminhoneiros. Acredito que a organização pensou nos participantes dando uma tolerância, mas essa tolerância poderia ter sido comunicada via redes sociais antes.

No KM 13/14 criaram um ponto de fruta, no qual distribuiam banana. Infelizmente muitas cascam pelo chão acabaram causando alguns acidentes e na dispersão os comentários não eram muito legais. A distribuição dos pontos de hidratação foi boa, mas faltou água em alguns postos para quem chegou mais atrás.

O kit da prova foi muito bom, com brindes bacanas. E teve distribuição de Chopp na dispersão, obviamente com filas quilométricas. Já a temperatura do chopp deixo à opinião para quem bebeu.

Que venham mais, Meias Maratonas para a nossa região. Eu garanto minha participação!

Amábile Ferrer, supervisora de Importação e Exportação, corredora há 6 anos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.