Mulheres se apaixonam pelo universo das corridas

POR FABIANO BRAUN – Florianópolis está entre as capitais brasileiras onde mais se pratica atividades físicas e no topo da lista está a corrida de rua. O grande diferencial que se percebe é o aumento significativo das mulheres aderindo a corrida e marcando presença nas provas. As mulheres estão em parques, ruas e praias da cidade. Em 2017, foram pesquisadas as 10 maiores provas (do país) e percebeu-se que 41% dos concluintes eram mulheres.

Um dado muito interessante que acontece na Capital catarinense e no restante do país é o aumento significativo do número de mulheres procurando orientação nas assessorias esportivas de corrida. Em Florianópolis há 30 assessorias registradas na Associação do Treinadores de Corrida do Estado de Santa Catarina (ATC-SC), distribuídas por toda extensão da avenida Beira-Mar Norte, da Beira-Mar Continental e do Parque de Coqueiros.

A procura pela prática deste esporte pode ser explicada pelos seus benefícios, como a melhora na saúde e na estética, diminuição do estresse e possibilidade de ampliar a rede de relacionamentos. A corrida também é um ótimo exercício para a saúde feminina além de ser um modelador natural do corpo. Ajuda as mulheres que estão na menopausa, isto porque nesta fase da vida perde-se um pouco de massa óssea e o exercício contribui para a manutenção dos ossos.

Grande parte das mulheres busca na corrida a oportunidade de cuidar do corpo e da saúde, fazer amigos e ter momentos de descontração com os treinos em equipe. Claro que há mulheres competitivas, cujo objetivo é superar limites e melhorar a performance, atitude que é mais comum entre os homens.

Quando pegam o gosto pelo esporte, as mulheres acabam se tornando grandes formadoras de opinião e disseminadoras daquilo que as faz sentirem-se melhor. Elas levam as amigas para os grupos de corrida e dessa maneira o esporte vai ganhando as ruas.

Se apaixonar pelo universo das corridas é fácil e fazer parte dele também. Não é necessário um grande investimento para ser saudável, ter controle do peso, fazer novas amizades. Basta procurar um médico, fazer uma avaliação e buscar um grupo que possa servir de incentivo, como no caso das assessorias esportivas, que contam com treinadores experientes, formados em Educação Física, que poderão prescrever o melhor tipo de treino.

Fabiano Braun de Moraes é Mestre em Ciências do Movimento Humano, Diretor Técnico do Floripa Runners (www.floriparunners.com.br), vice-presidente da ATC/SC, professor e palestrante.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.