O desafio da minha primeira maratona!

POR ANDRÉ NOGUEIRA – Fala Galera, tudo bem com vocês? Estive aqui pensando em como seria se eu me submetesse ao treino para uma maratona. Quais as repercussões em meu corpo de me preparar em um curto espaço de tempo, para esse que talvez seja o maior desafio da minha vida.

Treinos, alimentação regrada, esforço físico e mental e de certa forma um tempo longe da família para que essa meta seja alcançada.

Logicamente que para essa empreitada, temos que ter pessoas de excelência ao nosso lado. Ninguém diferente dele, o treinador Emerson Bisan será o responsável por me preparar para a prova que estipulamos: Maratona de Curitiba 2019 que será no dia 17 de novembro.  Juntamente com ele, o médico do esporte Dr. Jan Sprey será o responsável por trabalhar a parte de alimentação e suplementação adequada para que eu consiga me recuperar o mais rápido possível entre as sessões de treinos.

Em breve, anunciaremos os outros parceiros de jornada.

Vamos lá, essa semana que passou, foi a primeira semana. Semana de testes para saber de onde partiremos.

Dia 1: Teste dos 3 Km

  • Pace Médio: 5’27’’
  • Tempo: 16:20

Esse primeiro dia foi na esteira. Não estou muito habituado a correr, no final do teste, tanto o fôlego como as pernas sentiram bastante. Fiquei muito preocupo, afinal, corri apenas 3 Km e sai exausto. Bola para frente.

Dia 2: Teste dos 6 Km

  • Melhor Pace: 5’04’’
  • Tempo: 33:48.87

Primeiro dia correndo no parque, junto com o Bisan. Foi uma experiência diferente. No total, aqueci correndo 1 Km, fiz uma volta de reconhecimento de mais 1 Km e aí sim fui para a tomada de tempo dos 6 km. Estava muito frio, os primeiros 3 Km foram sofridos, achei que não fosse aguentar. Porém, parece que após o 3 quilômetro, a máquina esquentou e foi muito mais fácil. Terminei o teste muito cansado, mas feliz com o resultado. Afinal, no total foram 8 Km nesse dia, nunca havia corrido tanto em minha vida.

Dia 3: Primeiro Longão – 10 Km

E o medo? Como seria completar essa distância? Corri cerca de 14 minutos até o local de início. Fiz os exercícios de ativação antes de começar. Dei a largada e???? o primeiro km fiz um pace acima de 8’. Fiquei preocupado de como seriam os próximos 9 km. Fui me controlando para não acelerar demais.

  • Pace Meta: 7’00
  • Pace Médio: 6’45’’
  • Tempo: 1 Hora e 7 minutos

Extremamente feliz com o resultado e sabe o melhor? Não terminei cansado.

Semanalmente iremos progredir com as distâncias e intensificar os treinos, sempre de forma segura para que eu não me machuque.

Nessa primeira semana, além desses 3 dias de treino, tivemos alguns outros pontos fundamentais.

  • Recovery pós treinos
  • Exame de Sangue
  • Teste Ergoespirométrico (verificar a minha capacidade cardiorrespiratória)
  • Musculação

Essa será a minha rotina pelos próximos 4 meses. Vamos que o que parecia ser algo impossível, na verdade se torna o maior desafio de todos.

Até semana que vem!!

“O Impossível Somos Nós”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.