O novo normal: O Retorno

POR WÂNIA RENNÓ  SIERRA – E de repente veio a pandemia de  covid19. Ninguém imaginou o que iria acontecer. E os atletas de corrida tiveram que se  reinventar. Os treinos mudaram. Todos confinados em suas casas, academias fecharam, os parques fecharam. Os treinadores fazendo de tudo para tentar manter os atletas com seus treinos. Não foi fácil, os melhores  cenários para se correr – asfalto ou montanha – não podiam mais existir nesse momento. E  o cenário mudou para a sala das casas, o quintal, a varanda dos apartamentos. As provas foram canceladas. Num primeiro momento não sabíamos por quanto tempo. E a frustração tocou os atletas, sem seus treinos costumeiros, sem as provas que tanto amam realizar.

Mas como eu sempre digo: para quem corre ama correr, mesmo numa situação como essa de pandemia, a motivação ainda existe . Um pouco frustrados com o limite imposto pelo momento. Mas corrida traz uma motivação intrínseca. Portanto, era preciso continuar os treinos de outra forma, mas não parar.

Aos poucos, após alguns meses, todos de certa forma já acostumados com sua nova rotina e lugar de treinos perceberam que tudo iria voltar. Ainda diferente, mas os parques abrindo, as academias também.

E então, surge o novo normal. 

Mas o que é o novo normal para os atletas? Estamos ainda numa fase em que precisamos nos cuidar. Álcool em gel e máscaras fazem parte da vida de todos nós. Assim como o distanciamento, aglomeração não deve acontecer. Com responsabilidade e auto-cuidado os atletas podem voltar a uma nova rotina de treinos.

Mas e as emoções? Tudo começou com a ansiedade do confinamento. Ter que mudar os treinos. Treinos online, o treinador na tela e não mais ao seu lado. Tudo parecia estranho, mas como dizia Charles Darwin, sobrevive quem se adapta. E é claro, que os atletas se adaptaram. Mas a angústia, resultado da ansiedade, ainda estava presente. E agora ? O novo normal traz com ele novos sentimentos e novas emoções. A alegria de poder treinar, mas ao mesmo tempo o medo por estarmos ainda numa fase delicada. E as provas? A maioria cancelada. O novo normal provavelmente trará também mudanças nas provas. Como serão daqui pra frente? Ainda não temos essa resposta. Mas a ansiedade poderá voltar a ser o entusiasmo, o medo poderá ser transformado em um novo desafio, e a corrida volta a ser seu combustível , sua rotina.

E como sempre digo: Atletas nunca param, não desistem, e hoje sabemos que são capazes de se reinventar. O covid19 vai passar. E as provas voltarão. Então vamos correr!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.