Será que é a hora certa de correr uma maratona?

POR DANIELA BARCELOS – Quando você iniciou a prática da corrida “pulou” etapas importantes? Aumentou distâncias rapidamente, correu provas sucessivas, não descansou o suficiente, correu mesmo sentindo dor?

A maior parte dos corredores já fizeram algumas das menções acima. Para alguns (minoria) pode não acontecer nada, e eles continuarem correndo. Mas para a maioria podem ocorrer consequências que interrompem os treinos.

No treinamento planejado para a corrida há a necessidade de nos adaptarmos aos estímulos juntamente com todas variáveis existentes como controle do treinamento.

Pesquisadores publicam diariamente estudos que investigam as causas mais frequentes de lesões relacionadas ao treinamento. E uma das causas maiores é o aumento brusco das variáveis volume e intensidade, aliado a pouco tempo de recuperação.

Precisamos de tempo para aumentar a quilometragem a ser percorrida. São necessárias experiências anteriores com as distâncias menores a ela.

É muito mais interessante desafiar-se bastante nos 10k, 15k, na meia maratona, muitas vezes, antes de partir para a estreia em uma maratona.

Primeiramente siga um planejamento orientado e aventure-se nas distâncias menores, para assim estar certo de que é a hora certa.

E lembre-se, você não é obrigado a participar de uma maratona para se tornar um corredor. A corrida é muito mais do que isso, ela te traz benefícios diários se a fizer com cautela, dedicação e segurança!

Corra, adquira experiências, vivências, aprendizados e divirta-se muito com seus treinos!

Daniela Barcelos tem 15 anos de experiência como atleta amadora – começou a correr em 1999. Formada em Educação Física e com pós-gradução em Fisiologia do Exercício, Dani fundou este ano a assessoria que leva seu nome. Conheça mais em www.danibarcelos.net.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.