Síndrome de Overtraining ou Supertreinamento

stress-391654_1920POR LUCIANA GARMS – As lesões por estresse fazem parte dessa síndrome. Ela descreve um estado debilitado da saúde em que um acumulo de estresse em treinamento resulta em decréscimo no desempenho esportivo juntamente com conjunto de sinais e sintomas.O atleta pode apresentar quadros de depressão a irritabilidade, diminuição da auto estima, perda da capacidade de recuperação entre os treinos, cansaço, distúrbios do sono,perda de peso e apetite, diminuição do desempenho esportivo e aumento da vunerablidade a lesões e infecções. O que é comum ocorrer é o tempo de recuperação  entre os treinos ser curto ou ocorrer de modo incompleto , associado a muitas competições e ao estresse que isso causa! Existem indicadores fisiológicos, psicológicos e imunológicos que podem e devem ser avaliados quando se suspeita que o atleta esteja entrando em um quadro de Supertreinamento. O descanso é essencial, programação de competições, dieta, e até mesmo períodos de mudança de modalidade esportiva, que em alguns casos pode ser transitória e em outras a única solução do problema! A prevenção sempre é o melhor caminho. Avaliação medica com exames periódicos, treinamento supervisionado, dieta adequada e sempre ouvir os sinais do corpo!

Luciane Garms – Médica ortopedista especialista em Medicina Esportiva. Formada em medicina na cidade de Botucatu pela Universidade Estadual Paulista, aonde se especializou em ortopedia. Também tem especialização em Traumatologia Esportiva pela Universidade Federal de São Paulo. Hoje atua na área de ortopedia, cuidando das lesões musculo-esqueléticas, mas principalmente, tratando das lesões relacionadas ao esporte. Além da profissão, Luciane é atleta, pratica maratona e ultramaratona de montanha e corrida de aventura.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.