Suplementação para além do treino: como os suplementos ajudam a ter uma vida mais saudável

supOs suplementos alimentares estão na moda dentro das academias, mas nem todo mundo sabe exatamente como funcionam e como deve ser feito seu uso.

A indicação vai muito além dos praticantes de atividade física. De fato, essas substâncias potencializam os resultados na malhação, mas algumas delas podem e devem ser indicadas no sentido de manter a saúde em dia.

Seja para ter uma dose maior de fibras ou alguns aminoácidos essenciais, a suplementação deve fazer parte da rotina. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais (ABENUTRI), houve um aumento de 15% no número de indivíduos que tomam suplementos. A L Carnitina é um exemplo disso: a substância auxilia na redução de gordura, melhora a oxigenação e previne doenças cardiovasculares.

Estilo de vida saudável

Os números não mentem: há cada vez mais brasileiros investindo em uma vida mais saudável com o auxílio de suplementos. Estima-se que, em 2020, as empresas do segmento devem faturar nada menos que R$ 1 bilhão.

Esse número poderia ser ainda maior se muitas pessoas não confundissem suplementos com anabolizantes. Os produtos trazem diversos benefícios, muito além da otimização da prática de exercícios, sendo que os principais se encaixam nas seguintes categorias:

  • Produtos à base de proteínas;
  • Aminoácidos;
  • Energéticos;
  • Hipercalóricos.

De acordo com dados da ABENUTRI, os jovens são os que mais consomem suplementos: cerca de 80% do público total. Essa porcentagem é composta por 20% de mulheres e 80% de homens. Apesar do uso de suplementos não se reduzir àqueles que praticam exercícios, geralmente está associado aos esportes e a uma alimentação saudável.

Dicas para administração dos suplementos

É importante destacar que o uso de suplementos deve ter orientação profissional e uma finalidade definida, ou seja, o consumidor não pode ingerir livremente esse tipo de substância.

Entre os principais suplementos consumidos no Brasil, estão as vitaminas, que integram alimentos dos mais variados, mas também podem vir em cápsulas ou em pó. Eles são indicados, portanto, nos casos de deficiência de determinada substância que seria imprescindível para o funcionamento fisiológico adequado.

O betacaroteno, por exemplo, reduz o risco de doenças cardiovasculares. Já a vitamina E reduz o risco de doença coronariana. O importante é manter o equilíbrio e uma dieta saudável com o auxílio de suplementos quando necessário.

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), cerca de 54% das casas no Brasil incluem algum adepto dos suplementos.

Uma medida para cada indivíduo

Para os suplementos serem integrados à alimentação de forma bem-sucedida, não adianta seguir receitas e medidas encontradas na internet. O nutricionista é o profissional responsável por fazer a melhor indicação em cada caso.

Entre os aspectos positivos do produto, está o baixo risco para a saúde, isto é, mesmo em caso de uma administração errônea em algum momento, é possível corrigir os parâmetros sem causar danos ao indivíduo.

De qualquer forma, indica-se a ingestão adequada desde o início para suprir a falta de vitaminas e outras substâncias, proporcionando uma vida mais ativa e saudável.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *